Ultimos posts
Tags: ,

O que fazer em Roma em dois dias

  1. Fique hospedado na região próxima aos principais pontos turísticos

Se o seu tempo é curto em Roma o ideal é que você fique hospedado em um hotel perto dos principais pontos turísticos para que você não perca tempo com deslocamento. Eu fiquei em um na frente na Fontana di Trevi e valeu muito a pena, pois fizemos quase tudo a pé!

  1. Vá para o Vaticano logo cedo

O Vaticano fica bem próximo da região ali da Fontana, mas fomos de metro até ele (4 estações  do metro mais próximo à Fontana até o Vaticano). Nem preciso dizer que lá é muito cheio e tanto para entrar no museu do Vaticano quanto para entrar na Basílica de São Pedro tinham filas bem grande. Por isso, se você não quer perder tempo, o ideal é que você faça a sua reserve com antecedência para não pegar filas.

Como a gente não tinha feito reserva, acabamos pagando para não pegar a fila do museu que estava em torno de duas horas. O valor do ingresso normal era 21 euros/pessoa e pagamos 35 euros/pessoa para não pegar fila. Mesmo com o euro caro, eu achei que valeu a pena gastar 14 euros a mais para ganhar tempo, considerando que só tínhamos dois dias em Roma!

Bom, o museu do Vaticano é muito bonito, muito grande e muito cheio!! Ficamos umas 3 horas andando lá por dentro e finalizamos a visita na Capela Sistina que realmente é maravilhosa! Fiquei um tempão lá dentro olhando para o teto para a pintura A Criação de Adão feita pelo Michelangelo.

Ah, lá dentro da Capela não é permitido tirar fotos ou filmar e também não é permitido entrar com ombros e joelhos de fora! Como estava muito calor, eu comprei dois lenços bem fininhos por 1 euro cada ali na entrada do Vaticano e coloquei apenas enquanto eu estava lá na Capela.

Depois que saímos do Museu do Vaticano, aproveitamos para comer em um restaurante por ali mesmo e já fomos direto para a Basílica de São Pedro. Tinha uma fila, mas não demoramos nem 20 minutos para entrar! (ainda bem, porque a fila era no sol e estava muuuito quente). A basílica também é bem bonita, mas é muito menor que o museu, então levamos cerca de 30 minutos lá dentro!

Vimos a famosa Pietá de Michelangelo, andamos pela Basílica e finalizamos a visita na parte inferior da Basílica onde estão enterrados os Papas.

  1. Volte do Vaticano caminhando em vez de pegar carro ou ônibus

Como o Vaticano fica à 3km da Fontana di Trevi, onde estava o nosso hotel, resolvemos voltar a pé e foi a melhor coisa que fizemos! Em Roma, existem vários cantinhos históricos e construções para serem apreciadas!

Caminhando passamos pelo Castelo Sant’Angelo, depois paramos na Piazza Navona para tomar um café e seguimos até o Pantheon! Para entrar no Pantheon não é preciso pagar nada, então aproveitei para conhecer! Depois seguimos em direção à Fontana, mas entes de descansar resolvemos estender um pouco o caminho e fomos até a praça da Espanha!

Finalmente, voltamos mortos e felizes para a Fontana e terminamos o turismo do dia com um belo Gellato Italiano!

  1. Vá de manhã cedo na Fontana di Trevi

Se você quiser admirar a Fontana tranquilamente e aproveitar para tirar umas fotos legais por ali, vá bem cedinho! Tipo umas 7h da manhã mesmo! Eu, como estava hospedada bem ali, desci do quarto do hotel e um pouco antes das 8h já estava por lá, até mesmo antes de tomar café da manhã! Por ser tão cedo, achei até que já estava bem movimentado lá, mas deu pra jogar a moedinha e tirar mil fotos sem ninguém atrás!

  1. Saindo da Fontana, vá a pé para o Coliseu

Aproveitando que você estará cedinho ali na Fontana, aproveite para ir a pé para o Coliseu que fica cerca de 1,5km dali! Além de ser bem pertinho, sempre vale a pena caminhar pelas ruelas de Roma e apreciar o charme das construções da cidade!

Mesmo chegando bem cedo no Coliseu é provável que já tenha fila! Para não pegar a fila, basta ter comprado o Roma Pass que além do direito de pular a fila do Coliseu também já te dá acesso ao local sem precisar comprar o ingresso. Além disso, o Roma Pass também tem alguns outros benefícios como não pagar pelo transporte público e ter entrada gratuita em alguns museus e sítios arqueológicos.

Para entender melhor o que é o Roma Pass, dá uma olhadinha no site.

 

  1. Visite o Foro Romano

O Foro Romano fica bem próximo ao Coliseu e se você estiver com o tempo apertado a minha sugestão é que saindo do Coliseu você como algo por ali e já aproveite para visitar o Foro Romano.

O local é totalmente aberto, está todo em ruínas e é enorme! Então prepare as perninhas, pegue uma garrafa de água e se for verão, capriche no protetor solar!

Ah, o Foro Romano é um dos lugares que você não precisará pagar para entrar se comprar o Roma Pass.

 

  1. Tome muitos sorvetes!

Nem preciso dizer que ali nos lugares turísticos por onde eu andei em Roma existia uma sorveteria em cada canto e que para qualquer lugar que eu olhasse tinha alguém com um gelato! Então eu aproveitei essa desculpa para tomar um sorvete por dia lá e todos que eu experimentei estavam deliciosos e valiam super a pena! Afinal de contas não é todo dia que a gente pode desfrutar de sorvetes italianos maravilhosos, né?!

Ultimos posts

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Ultimos posts

Cadastre-se para receber incentivos e dicas exclusivas por e-mail

me siga no instagram @camila.sarraipo

Instagram has returned invalid data.